Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

Consultório de Moda

Neste consultório encontra informação e aconselhamento sobre moda, imagem e beleza pela estilista e consultora de moda Olga Cardoso Pinto. Temas sobre tendências, novidades e dicas para estar sempre atualizada!

  • NESTE CONSULTÓRIO ENCONTRA INFORMAÇÃO E ACONSELHAMENTO SOBRE MODA, IMAGEM E BELEZA. TEMAS SOBRE TENDÊNCIAS, NOVIDADES E DICAS PARA ESTAR SEMPRE ATUALIZADA!
  • Preparar o seu novo look para 2008

    " Ano Novo, vida nova!"- diz o ditado, ou "Ano Novo, look novo!", mas não é bem assim, as mudanças por vezes são adiadas, temos receio de mudar um visual ao qual nos habituamos.

    Adaptamo-nos ao ritual de vestir dias a fio o mesmo tipo e estilo de roupa, sempre as mesmas combinações de cores e modelos.

    O penteado, mais curto ou longo, sempre igual...

    Gostaria de mudar, ou antes, melhorar? Então tenha em conta estas dicas:

    Com calma e espírito aberto, faça uma ronda pelas lojas de roupa e acessórios, consulte o Consultório de Moda para conhecer as tendências da estação - que cores,  modelos e estilos se vão usar, depois faça um programa para as compras tendo em conta o que precisa, o que já tem e o que gostaria de ter, e não se esqueça do orçamento.

    Aproveite a época de saldos, nesta altura consegue-se por bons preços algumas peças mais requintadas e outras ao preço da chuva como os básicos e peças "in" da estação, mas não deixe para o fim, obviamente estará muito escolhido e poderá já não encontrar o que pretende.

     

    Conjunto BCBGMaxAzria, conjunto Ralph Lauren, blazer Venca, blusa kimono Single, saia-lápis.

     

    Peças essenciais no seu guarda-roupa:

    - calça clássica e vestido direito pelo joelho, na cor preta,

    - blazer ou casaco curto, em preto ou azul marinho,

    - blusa estilo retro romântica, com folhos ou laço,

    - camisa cintada,

    - saia direita, tipo saia-lápis,

    - bolero ou casaquinho curto de malha,

    - túnica com corte império e leggings para coordenar,

    - jeans slim ou bootcut, no tom denim brut ou lavado,

    - casaco à 3/4,

    - botas de cano alto, botins e sapatos com sola em compensado.

     

    Antes de comprar ou mandar fazer roupa para si, siga esta regra:

    • Conheça o seu tipo de corpo e o vestuário que lhe fica melhor, as peças que destacam os seus pontos fortes e disfarçam os pontos fracos.

    • As cores que combinam com o seu tom de pele, olhos e cabelo.

    • O seu estilo de vida, profissão e personalidade.

     

    Aposte nos acessórios, fazem toda a diferença, invista em carteiras, écharpes, lenços, alfinetes de lapela, calçado, etc, são versáteis e ajudam a reforçar e destacar o look escolhido.

    Carteira e alfinete Accessorize, sapatos Mango, cinto e colar Furla, écharpe La Redoute.

     

    Após a actualização do seu guarda-roupa, está na altura de dar um retoque ao cabelo, aproveite para fazer aquele corte que gosta e que valorizará o seu rosto.

    Em frente ao espelho com o cabelo preso, veja qual é a forma do seu rosto:

    - longo,

    - oval,

    - redondo,

    - quadrado.

     

     E o seu tipo de cabelo:

    - liso e escorrido, sem volume,

    - oleoso,

    - ondulado e revolto,

    - seco,

    - meio ondulado,

    - fino ou grosso.

     

    Se quer alterar a cor do seu cabelo, informe-se qual ou quais serão os tons que conjugarão com o seu tom de pele e olhos, e quais os processos a utilizar - madeixas ou nuances.

     

    A maquilhagem completa o visual, seja ela natural ou sofisticada, aproveite e experimente vários estilos, verá desta forma como evidenciar os olhos, lábios e rosto.

    Use as cores de acordo com a cor dos seu olhos,  pele e vestuário.

    Para o dia-a-dia prefira tons suaves e discretos, mas salientando sempre os olhos, mesmo sem usar batom ou blush, o rosto terá mais expressão se os olhos forem maquilhados com sombra ou só eyeliner e máscara de pestanas. Para ocasiões especiais pode aplicar-se uma maquilhagem mais sofisticada e carregada.

    Ao melhorar o seu visual sentir-se-á mais fresca e confiante, terá melhor disposição para aqueles assuntos que foi adiando, estará revigorada para encarar o novo ano que desponta, e sem que para isso tenha que gastar muito dinheiro. 

    Peças essenciais no armário

    "Olá Olga.
    Tenho 57 anos e dois guarda-roupas enormes abarrotados de roupas. Muitas são de dez anos ou mais. Estou com vontade de jogar tudo fora e comprar tudo novos, mas somente o essencial. As revistas de moda só tem para mulheres mais jovens e eu quando fui jovem cheguei ganhar um concurso da secretaria mais elegante de minha cidade. Só que agora pretendo vestir-me como uma mulher madura que está beirando os 60 anos. Tenho 1,63 e peso 69 quilos, porém sou de ossatura larga e os médicos e nutricionistas dizem que meu peso ideal é de 60 a 65 quilos, porém não consigo encontrar entusiasmo para começar um regime e sempre deixo para a segunda-feira que nunca existe. E como estou demorando demais para emagrecer preciso desfazer-me das roupas que possuo, para dar entrada a um novo. Duvida! Não sei o que ter como peças básicas (quero ter somente o básico). Apesar de ser de meia-idade tenho o corpo ainda com formas arredondadas e cintura, apesar de estar flácida nos braços.
    Um abraço
    Maria Inês"
    Exemplos de vestuário e acessórios que pode ter no seu armário:
    Estilo muito sóbrio, para trabalhar, reuniões, jantar formal, etc. A combinação do preto/branco com acessórios a condizer, sempre impecável em qualquer lugar.
    Vestido preto Diane von Furstenberg, blazer Helmut Lang, calças com cinto MarcJacobs, blusa Alberta Ferreti, conjunto saia tulipa e blusa A. Mcqueen, sapatos e carteira Bottega Venetta.
    Estilo mais arrojado, muito chic e versátil. Pode usar para trabalhar, para festas e eventos. Escolha acessórios com brilhos.
    Conjunto calça e blusa turquesa Dianevon Furstenberg. Casaco curto A. Mcqueen. Blusa deco Single. Blusa deco chic Cavalli. Casaco 3/4 Graeme Black. Sapatos Pedro Garcia.

    Dê um "refresh" no seu guarda-roupa

    Saiba seleccionar o que tem no seu roupeiro.

    Comece por fazer 3 grupos de roupa:

    no 1º coloque as roupas que usa com mais frequência,

    no 2º as que raramente usa

    e no 3º as que não usa há mais de um ano.

     

    Do 1º grupo, veja quais as que gosta, as que lhe ficam bem e aquelas que estão muito usadas.

    Do 2º seleccione as que ainda lhe ficam bem, que ainda pode usar coordenando com as peças mais recentes.

    Do 3º grupo diga-lhes adeus, se estão guardadas há mais de um ano, o mais provável é que não as volte a vestir; se estiverem em bom estado faça uma doação a uma instituição.

     

    Com os grupos que ficou elimine as que estão muito usadas ou estragads, se gostar muito destas peças tente substitui-las por outras semelhantes.

    A roupa de malha em tricot e algodão, como t-shirts, casacos e camisolas, são as que acusam maior desgaste.

    Para reutilizar o vestuário que raramente usa, combine-o com peças que adquiriu recentemente, por vezes esquecemo-nos que podem coordenar com aquelas que usamos com mais frequência, e que ainda estão "in" e que já não se encontram à venda.

    Fazer a combinação certa e o ajuste adequado é o suficiente para reciclarmos o que vai ficando esquecido no roupeiro.

    Este Inverno usam-se casacos de todas as formas e feitios, talvez ainda tenha alguns de outros anos e que voltam a estar na moda, tire-os do armário e veja se estão actuais - golas grandes e compridas, com cintos largos e cores da estação. Alguns casacos podem necessitar de uma intervenção - ajustar a cintura e alteração de botões, uma aplicação de pêlo na gola e punhos, será o suficiente para dar um novo look.

    Blusas estampadas, saias, calças, veja como se usam - modelos, estilos e cores, dê-lhes graça com cintos, coletes, écharpes, boleros e até alfinetes de peito.

    Os tricots estão na "ribalta", usam-se no estilo artesanal em ponchos, capas, casacos curtos ou compridos, coletes e cache-coeurs. Mude os botões e enfeite-os com cintos largos de couro e grandes fivelas. Ponha um pouco de si no que veste, seja criativa, coordene e combine peças retro e clássicas, as tendências são linhas orientadoras não leis que tenhamos todas que seguir. A moda deverá ser divertida e uma forma de nos apresentarmos, mas sendo nós próprias sem termos que copiar os outros.

    Imagem: blusa estampada Cavalli, sweater malha e trench La Redoute, conjunto de camisolas Venca.

    Actualizar o guarda-roupa vs perder peso

    "Olá,
    Chamo-me Maria Pinto, tenho 48 anos, 1,56m e 90 Kg de peso, estou a fazer ginástica e dieta e gostaria de saber como me preparar para a minha nova figura.
    Trabalho como consultora imobiliária e acho que não tenho um estilo definido porque tanto gosto de vestir tailleur e blusa de cetim como jeans e t-shirt. Por exemplo hoje como é sábado apesar de estar a trabalhar normalmente visto jeans e sweat. Gostaria de saber qual o estilo de roupa que me favorece mais dado que estou um bocadinho "cheiinha", apesar de não ser muito desproporcionada já que tenho de peito 122, cintura 98 e anca 124.
    Adoro estar bem vestida, adoro colares, brincos, tenho cabelo castanho claro encaracolado, olhos castanhos.
    Fico a aguardar a sua resposta com muita expectativa já que pelo que vi e li as suas ideias são sempre fantásticas.
    Agradeço antecipadamente,
    Maria Pinto
    Propostas de coordenados:
    O casaco blazer de dois botões, coordena com calças ou saia de godés e blusa rosa de manga3/4, como complementos - sapatos de meio salto e écharpe em tons rosa.
    Casaco swing, em rosa escuro combina com saia-lápis e lenço em tons rosa e preto, jumpershirt com colarinho e punhos incorporados, coordena também com a saia ou jeans escuros, xaile, sapatos e carteira xadrez na cor vermelha.
    Modelos Evans