Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Moda

Neste consultório encontra informação e aconselhamento sobre moda, imagem e beleza pela estilista e consultora de moda Olga Cardoso Pinto. Temas sobre tendências, novidades e dicas para estar sempre atualizada!

  • NESTE CONSULTÓRIO ENCONTRA INFORMAÇÃO E ACONSELHAMENTO SOBRE MODA, IMAGEM E BELEZA. TEMAS SOBRE TENDÊNCIAS, NOVIDADES E DICAS PARA ESTAR SEMPRE ATUALIZADA!
  • Notícias

                           Próxima paragem: Lisboa                   

    Uma notícia que não eclipsou, todavia, as memórias de 3 dias de celebração da moda, marcadas pela melhor colecção de sempre de Luís Buchinho para a Jotex, pela versatilidade das propostas de Diogo Miranda, pela genial irreverência das criações dos Storytailors e pela originalidade do universo masculino de Miguel Vieira.

    dummy

    Como forma de promover um evento que é nacional, a organização do Portugal Fashion decidiu aventurar-se num novo desafio: realizar a próxima edição do certame na capital portuguesa. Uma revelação que apanhou (quase) todos de surpresa durante a 22ª edição do evento, a segunda realizada em parceria como a Câmara Municipal de Gaia e o El Corte Inglés. «O novo desafio do Portugal Fashion passa por se promover ainda mais a nível nacional e chegar a mais gente. Como tal, achamos que o ideal seria levar o certame pela primeira vez até Lisboa, onde pretendemos fazer uma edição ainda melhor do que as realizadas até ao momento», afirmou à imprensa presente no certame, Armindo Monteiro, presidente da ANJE.


    Mas surpresas à parte, o Portugal Fashion celebrou, entre os dias 13 e 15 de Março sob o leitmotiv “Glow ball”, mais uma edição de sucesso com uma combinação qb entre nomes consagrados como Anabela Baldaque, Luís Buchinho, Miguel Vieira e Fátima Lopes e novos talentos como Diogo Miranda, Ivo Calado, Rita Bonaparte e Sofia Almeida, na qual revelou a moda que vai vestir o Outono-Inverno 2008/2009. 

    Num primeiro dia mais vocacionado para a indústria têxtil, o pontapé de saída foi precisamente dado por Sofia de Almeida by Hermar, que apresentou uma colecção tendo «a urbe como pano de fundo, que inspira padrões e formas numa mistura entre o universo feminino e masculino». Seguiu-se um desfile colectivo de marcas – Celtic Jeans, Concreto, ID Values, Orfama e Paula Borges –, onde destacou o colorido e irreverência das malhas da Concreto que prometem alegrar a próxima estação fria e o renovado classicismo das sedutoras propostas da Paula Borges by Lúcia Borges. Mas a principal novidade do dia foi a estreia na passerelle do Portugal Fashion de Louis de Gama, um estilista de origem angolana radicado em Londres, onde tem participado na London Fashion Week. Louis de Gama apresentou uma «colecção com uma silhueta predominantemente baby doll, com detalhes de bibes góticos e evangélicos salientados pelo bordado e pela renda antiga francesa».

    O segundo dia de desfiles do Portugal Fashion arrancou com Marco Mesquita, que apostou nomeadamente nos extremos – mini e maxi, chique e natural,… Em seguida,  um magnífico conjunto de botas, sapatos, sapatilhas e até sandálias, para aqueles que não temem as temperaturas gélidas da estação, apresentado pelas marcas Aerosoles, Cohibas, Dkode, Eject, Fly London, José Reis Design, Missanga e Nobrand, pisou forte na passerelle do Portugal Fashion.

    Para o final da noite, ficaram reservados dois “pesos pesados”: Anabela Baldaque e Miguel Vieira. Com o leitmotiv “Não posso prometer nada…”, Anabela Baldaque apresentou uma colecção «sofisticada, feminina e com muito brilho que se inspirou nos anos 30 e onde a peça-chave continua a ser o vestido – elegante que realça a silhueta feminina», como salientou a estilista que nesta estação começará a comercializar a sua linha mais acessível estreada na edição passada do Portugal Fashion, a “Bela Balda”.

    «Única e exclusivamente para homem», Miguel Vieira apresentou uma linha minimalista onde dominaram as linhas justas e os cortes retro. «Trata-se de uma colecção muito rica em termos de matérias-primas e cortes. Esta minha linha apesar de já ser comercializada há alguns anos, nunca tinha sido apresentada num evento deste género e achei que seria a altura ideal para que tal sucedesse. Em termos de cores, apesar de ser um apaixonado pelo preto decidi englobar mais alguns tons para enriquecer esta colecção», salientou Miguel Vieira.

    No sábado e último dia do certame foram apresentadas as colecções dos jovens criadores: Andreia Lobato, Celsus, Jorge Costa & Jordann Santos, Leuna by Elizabeth Teixeira, Odete Barreiro e Tany Calapez. O programa prosseguiu com três jovens estilistas que têm vindo a impor-se no panorama da moda nacional: Rita Bonaparte, Ivo Calado e Diogo Miranda. Este último apresentou uma colecção baptizada “Fast Forward” onde eram evidentes as influências sportswear, os recortes e os detalhes geométricos, assim como as pinceladas manuais com tinta. Um desfile que arrecadou muitos aplausos pela originalidade e elegância dos coordenados apresentados, tal como aconteceu com a colecção de Luís Buchinho para a Jotex, caracterizada por «um espírito muito confortável com malhas muito finas». Também Luís Onofre foi um dos destaques da noite ao apresentar uma linha de calçado, a par com a respectiva bolsa ou clutch, com especial «sabor a Paris».

    Quem também se decidiu aventurar pelo calçado foi Katty Xiomara, com uma colecção bastante feminina e inspirada pela sua linha de vestuário. Quanto aos Storytailors, «intoxicados pelo amor», o original mote da sua colecção, apresentaram um conjunto de peças imprescindíveis no guarda-roupa da próxima estação fria, onde foi dado «especial destaque para os clássicos subvertidos e para os detalhes de alfaiataria em camisas e casacos», como explicou a irreverente dupla.

    O Portugal Fashion fechou com chave de ouro: o desfile elegante e muito sensual de Fátima Lopes, que mostrou em Gaia a colecção apresentada há cerca de três semanas em Paris e que «foi muito bem conseguida, segundo os peritos na matéria, isto é, os críticos de moda. E penso que no Portugal Fashion a receptividade foi semelhante», afirmou a estilista sobre a sua colecção para o Outono-Inverno 2008/2009, baptizada assertivamente “Next Step”.

    Quanto ao próximo passo do certame, este será dado, tal como anunciado, em Lisboa. No entanto, até ao dia 22 deste mês, as colecções Primavera-Verão 2008 de seis marcas (vestuário e calçado) e 14 criadores que participaram no Portugal Fashion podem ser vistas, tocadas e compradas no showroom instalado no 6º piso do El Corte Inglés, numa parceria inédita entre a ANJE e os grandes armazéns espanhóis e que visa explorar a vertente comercial desta iniciativa que muito tem contribuído para a projecção da moda nacional aquém e além-fronteiras.


    in Portugal Têxtil
    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    Copyright . Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da autora deste blog.