Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Moda

Neste consultório encontra informação e aconselhamento sobre moda, imagem e beleza pela estilista e consultora de moda Olga Cardoso Pinto. Temas sobre tendências, novidades e dicas para estar sempre atualizada!

  • NESTE CONSULTÓRIO ENCONTRA INFORMAÇÃO E ACONSELHAMENTO SOBRE MODA, IMAGEM E BELEZA. TEMAS SOBRE TENDÊNCIAS, NOVIDADES E DICAS PARA ESTAR SEMPRE ATUALIZADA!
  • Louboutin - a nova coleção para outono / inverno 2011

     

    Christian Louboutin - Les Promises De L’hiver

    Fall 2011

     

    A arte de Georges de la Tour e outros pintores clássicos, inspiraram Louboutin para a sua coleção para outono e inverno 2011.

    Os tons, a luz e pormenores destas pinturas clássicas a óleo, deram o mote a uma griffe onde o classicismo e modernidade se conjugam para criarem modelos, uns intemporais e outros dignos de museu! Embora nem todos se destinem a calcurriar as nossas ruas e passeios, certamente as divas da música, cinema e jetset serão ávidas consumidoras destas obras de arte.

     

    Goste-se ou não, os sapatos e acessórios de Louboutin, não passam despercebidos.

     

     

    A coleção divide-se em modelos baixos, com um estilo bem anos 50/60, retorna o verniz e acabamentos de luxo.

    Modelos altos, com saltos finissimos – os stiletto, mas suportáveis, com inspiração clássica, forrados a pele ou tecido.

     

     

    Modelos muito altos, com solas compensadas, saltos stiletto e cunha, com cores fortes e forrados pele de leopardo. Alguns modelos excêntricos e a habitual sola vermelha, o que tornou a marca diferente. Há modelos abotinados, botas de cano alto e griffes masculinas, das quais destaco o revestimento em tecido estilo principe de gales, e cravejados de metal.

    As clutchs e bolsas são um must, umas irreverentes e ousadas, contrastando com modelos clássicos e intemporais.

     

     

    Georges de la Tour

    Georges de La Tour nasceu no dia 13 de março de 1593 na pacata localidade de Vic-sur-Seille na região de Lorena, em França. Faleceu em 30 de janeiro de 1652 em Lunéville, também localizada na mesma área.

     

    A certidão de batismo de Georges de La Tour revela que ele era filho de Jean de La Tour, padeiro, e de Sybille de La Tour. O casal teve sete crianças, sendo que Georges era o segundo mais velho da prole. Sobre a juventude e vida estudantil de Georges de La Tour nada se sabe, nem está documentado como é que ele encontrou a vocação de pintor. Casou com Diane Le Nerf em 1618, sendo que ela era filha de um administrador financeiro do Duque de Lorena.

     

    Georges estabeleceu o seu estúdio na pequena localidade de Lunéville em 1620, pintando quadros predominantemente inspirados no cristianismo e no dia-à-dia de pessoas comuns. Não existe qualquer retrado de Georges de La Tour mas alguns especialistas acreditam que a figura do jogador de cartas trapaceiro em Le Tricheur à l'as de carreau seja um autoretrato.

     

    Foi nomeado "Pintor del Rey" em 1638 e, consequentemente, a opulência passou a fazer parte da sua vida.

     

    Georges de la Tour era muito conhecido pelas suas pinturas contendo efeitos de luzes noturnas e pinturas de um forma simplificada. Uma de suas obras mais famosas, Education of the Virgin, se encontra em exposição permanente no museu The Frick Collection de Nova Yorque.

     

    Inicialmente Georges executou o seu trabalho num estilo da corrente artística chamado Barroco, mais tarde ele demonstrou ter sido influenciado pelo grande pintor italiano Caravaggio, por usar e aprofundar a sua técnica de claro-escuro(chiaroscuro).

     

     

     

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    Copyright . Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da autora deste blog.