Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Moda

Neste consultório encontra informação e aconselhamento sobre moda, imagem e beleza pela estilista e consultora de moda Olga Cardoso Pinto. Temas sobre tendências, novidades e dicas para estar sempre atualizada!

  • NESTE CONSULTÓRIO ENCONTRA INFORMAÇÃO E ACONSELHAMENTO SOBRE MODA, IMAGEM E BELEZA. TEMAS SOBRE TENDÊNCIAS, NOVIDADES E DICAS PARA ESTAR SEMPRE ATUALIZADA!
  • A Moda do Xadrez

    Breve história

     

    O xadrez escocês tem origem na Escócia, no tecido “tartan”, as características deste tecido são a sua leveza, devido ao tratamento da lã com que é produzido, a trama muito fechada e densa, para protecção ao frio e às típicas riscas e cores que formam quadrados de diferentes tamanhos.

    Cada clã tinha o seu “tartan” que o individualizava dos demais. O tecido era usado para a confecção de “Kilts”, casacos e fatos completos, usados para as mais diversas actividades.


    A rainha Vitória adoptou o estilo para as suas estadias em Balmoral, desta forma foi lançado o repto para o seu uso mais convencional no vestuário quer masculino quer feminino.


    Após a 2ª Guerra Mundial as saias, kilts, xailes, mantas e casacos começaram a fazer parte do guarda-roupa de Inverno.

     

    O xadrez sobreviveu até aos nossos dias, sendo já em tecido mais fino e de misturas várias, pois o “tartan” não se adequa a toda a confecção e é de produção dispendiosa.

    Coco Chanel foi a autora de um estilo mais feminino e confortável para peças de vestuário confeccionadas em motivos xadrez de inspiração no “tartan”.

    Este estilo foi variando de intensidade, passando pelos anos 70 sendo adoptados pela onda hippy. Também os anos 80 não passaram incólumes ao contágio xadrez, surgiram estilistas cuja imagem de marca é este motivo de padronagem.
    A moda dos anos 90 aplicou o xadrez para pormenores, e foi conferido um certo glamour ao produzirem-se tecidos acetinados com este padrão.

     

    Este Inverno cá está novamente a inspiração no “tartan”, não só o tecido mas também no estilo folk do vestuário primordial confeccionado nesta matéria.

    O xadrez escocês, o xadrez “madras” ( originário da Índia), o xadrez country, príncipe-de-gales, pied-de-poule, riscas, quadrados, tweeds, veludos e bouclês são tecidos clássicos quevoltam a estar na moda para criarem as mais ecléticas produções de vestuário que todas nós já podemos apreciar nas lojas, montras e até talvez no nosso guarda-fatos!

     

    Das passereles para a rua


    Roland Mouret criou vestidos muito clássicos ao jeito dos anos 40, de cores sóbrias para um look citadino. Assim como a marca A.P.C. com camisas "madras".
    Na colecção da
    Lanidor também pode encontrar peças em xadrez escocês.

     

    Da colecção Vera Wang destacamos um vestido-bata em cinza / preto.
     
    Vivienne Westwood sempre marcou as suas colecções com xadrez, este Inverno sobressaiem as saias-lápis. A Mango usou o padrão em várias peças que podem ser combinadas entre si.
     

    A marca Miu Miu já nos habituou a modelos diferentes e muito stylish, esta estação não foge à regra com mini-saias e calças slim em xadrez. Michael Kors aderiu à onda do xadrez que o inspirou para criar um guarda-roupa feminino e clássico.
    Roupas jovens e arrojadas, onde o brilho cria efeitos de glamour, são as propostas
    Ana Sousa.

     

     

    Vestido de Alexander Mc'Queen
    Fato casaco e saia D&G
    Vestidos D&G
    Casaco comprido Just Cavalli

     

    Conheça as tendências da estação


    Informação e composição de imagens Olga Cardoso Pinto – Estilista / Consultora de Moda

     

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    Copyright . Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da autora deste blog.