Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Consultório de Moda

Neste consultório encontra informação e aconselhamento sobre moda, imagem e beleza pela estilista e consultora de moda Olga Cardoso Pinto. Temas sobre tendências, novidades e dicas para estar sempre atualizada!

  • NESTE CONSULTÓRIO ENCONTRA INFORMAÇÃO E ACONSELHAMENTO SOBRE MODA, IMAGEM E BELEZA. TEMAS SOBRE TENDÊNCIAS, NOVIDADES E DICAS PARA ESTAR SEMPRE ATUALIZADA!
  • Notícias

     "Sem ponta de frio

     

    Bolsas, luvas, boinas, chapéus ou botas são alguns dos principais acessórios das estações mais frias e, por consequência, elementos-chave na composição de looks originais e personalizados. Mas na corrida pelo estatuto de acessório-chave do próximo Inverno, quem levou a melhor foi mesmo o cachecol.

     

    dummy

    Sem ponta de frio

    O cachecol tem vindo a fazer as delícias dos mais vaidosos nas últimas estações frias mas, em 2008, as opções vistas nas passerelles de todo o mundo vão muito além do simples enrolar desta peça no pescoço. Mais democrática que nunca, a moda é acima de tudo versátil. Por esse motivo, para além das variações de formas no uso do cachecol, a grande novidade é a crescente variedade de modelos vista no mercado actual, que se resume sobretudo devido à rapidez e facilidade com que esta peça pode ser confeccionada em diferentes materiais, espessuras ou mesmo comprimentos. O que antes era uma peça com ares antiquados e pontos de tricô não muito originais, tornou-se agora num acessório que incute estilo às indumentárias, tornando-as mais actuais e menos enfadonhas.

    Sendo confeccionados, na sua maioria, com materiais mais interessantes que a velha lã, os cachecóis que vão estar na moda nesta estação fria podem ser luxuosos, modernos e na maioria das vezes, muito glamourosos. Giorgio Armani investiu em golas de pele na sua colecção para a Emporio Armani, enquanto Yohji Yamamoto criou para a Y-3 cachecóis de lã estampada que complementam os fatos apresentados ao longo de toda a sua colecção. Por outro lado, o colombiano Haider Ackermann – que apresentou a sua colecção de Inverno em Paris – apostou num visual mais punk e propôs o acessório usado como um capuz. Angela Missoni apostou no romantismo ao atar as tiras de lã criando uma espécie de laço e Eley Kishimoto criou cachecóis mais largos, usados com pontas soltas que podem fazer toda a diferença quando combinados com vestidos básicos."

     

    Mas se a sua vontade for aliar cachecóis de formas mais tradicionais ao seu visual, uma boa opção é brincar com as texturas das outras peças que compõem o seu look. Seguindo este conceito, Jean-Paul Gaultier criou para a Hermès cachecóis de caxemira lisa, usados com um nó sobre o ombro. No entanto, nem só de materiais diferentes são feitas as opções mais divertidas e modernas para este Inverno, como presenciado em Paris, onde Jasmine Di Milo criou modelos minimalistas que combinaram, de forma perfeita, com os vestidos futuristas da sua colecção.

    Apesar do cachecol ser umas das peças mais versáteis no mercado, muitos homens ainda olham para este acessório com alguma desconfiança. Para os mais aventureiros, existem algumas opções discretas – devido à cor, tipo de lã ou modelo – no mercado. Donna Karan propôs formas subtis na sua colecção para a DKNY onde a ideia principal era enrolar as tiras de tecido no pescoço e deixá-las com um ar mais natural. Outra opção é a da marca italiana Dolce & Gabbana, que optou por tons próximos aos dos casacos de couro e amarrou o acessório rente ao colarinho. Mas propostas para os homens também não se restringem só aos modelos mais básicos. Nos desfiles em Milão, o cachecol com abotoamento duplo de Giorgio Armani para a Emporio Armani foi uma das peças mais interessantes da colecção, que também apresentou outras formas mais amplas usadas de forma mais clássica."

     

    in Portugaltêxtil  http://www.portugaltextil.com/PT/Home/tabid/36/language/pt-PT/Default.aspx

     

     

    Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
    Copyright . Todos os direitos reservados. É expressamente proibida a reprodução na totalidade ou em parte, em qualquer tipo de suporte, sem prévia permissão por escrito da autora deste blog.